Agora no Portal

Ônibus que rodam para Uefs deixam de entrar no Feira VI e prejudica moradores

Os ônibus que fazem a Linha Sobradinho-Uefs não estão mais entrando nas ruas do conjunto Feira VI. Segundo a estudante Thauane Lino, os motoristas estão alegando que essa mudança foi causada pela greve dos professores da universidade. Para piorar a situação, as ruas do Feira VI estão com lâmpadas queimadas nos postes.

“Os moradores que trabalham e precisam dos ônibus estão sendo prejudicados por conta disso. Eu, por exemplo, fiquei de 8h50
da manhã até as 10h20 para conseguir pegar um ônibus e o motorista alegou a greve da Uefs para os ônibus não entrarem no conjunto. Isso é um absurdo. Eu também sou estudante da Uefs e não acho que porque não está tendo aula, eu perco o meu direito, como cidadã, de ter transporte público no horário correto”, afirmou Thauane Lino.

A estudante relatou ainda a falta de segurança no local, devido as lâmpadas queimadas. Se eu sair mais tarde ou chegar a noite, tenho que passar pelo escuro, pois ao ônibus não entram. “As lâmpadas da praça da rua principal estão queimadas e depois das 18hs não tem mais condições das pessoas saírem. Eu sofri uma tentativa de assalto na semana passada e está muito complicada a situação. A prefeitura não entra com a solução. Os moradores já reclamaram e não tem resultado”, destacou.As Informações são do Acorda Cidade