Agora no Portal

Governo foi alertado, diz Dom Itamar sobre rebelião no presídio de Feira

O Arcebispo Metropolitano de Feira de Santana, Dom Itamar Vian, disse ter alertado o Governo do Estado sobre as condições dos presos do Conjunto Penal e os riscos de rebelião na unidade.

O líder religioso esteve na unidade prisional na manhã desta segunda-feira (25), no momento em que os reféns eram liberados, depois de 17 horas do motim que deixou oito presos mortos e cinco feridos.

“Foi uma situação em que ninguém ficou surpreso. Há muitos anos visito o presídio e alertei o governo sobre isso. O governador anterior [Jaques Wagner] recebeu, por três vezes, documentos que a Arquidiocese e a Pastoral Carcerária enviaram. Isso deve ser uma lição para outros estados do Brasil”, declarou o arcebispo.

Dom Itamar disse ainda que permanece preocupado com o grande número de detentos no presídio de Feira. São quase 1.500, apesar da capacidade de 608. “É impossível ter nesse local essa quantidade de presos”, afirmou o arcebispo.