Pelo menos duas pessoas estão sendo procuradas pelo Corpo de Bombeiros sob os imóveis destruídos após um deslizamento de terra na Avenida San Martin, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (27). Até as 18h40, foram confirmadas 14 mortes na capital baiana em decorrência dos estragos causados pela chuva.

Na Avenida San Martin, sete pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas. Na localidade do "Marotinho", no Bairro de Bom Juá, um outro deslizamento deixou sete mortos e três pessoas foram resgatadas com vida para o Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), do dia 1º de abril até esta segunda-feira, Salvador registrou 329,8 milímetros de volume de chuva – 6% acima da média estabelecida para todo o mês. Heráclio Alves, meteorologista do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), afirma que, em abril, o nomal é 300 milímetros de chuva.

O temporal que atingiu Salvador e provocou estragos na cidade começou na madrugada desta segunda-feira. Ruas e avenidas ficaram alagadas e moradores chegaram a utilizar caiaque e prancha de surfe para transitar pelos bairros.O Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, que fica na região da Cidade Baixa, ficou com as dependências completamente alagadas e pacientes precisaram ser transferidos para outras áreas da unidade. Eventos e aulas foram suspensos por causa do temporal. As informações são do G1.
Marcadores: , ,

Postar um comentário

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.