Agora no Portal

Conceição do Coité: Homem é morto a tiros no Distrito de Sao Joao

Um crime ainda sem maiores esclarecimentos aconteceu no fim da manhã desta quinta-feira,09, no Distrito de São João, Município de Conceição do Coité, e que teve como vítima Elenilson dos Santos Silva, 39 anos, assassinado com dois tiros a queima roupa, disparados por um homem de pré-nome Manoel.

De acordo com um morador que disse quase ter presenciado o homicídio, mas pediu para não ser identificado, Elenilson que é mais conhecido por Biô, estava em um velório, no mesmo local se encontravam Manoel e a esposa que não teve o nome divulgado, depois de participarem do velório e do sepultamento e as pessoas já dispersas, uma jovem que veio de Monte Gordo, Distrito de Camaçari com o casal foi até a residência da vítima, não tivemos informações do que teria ido fazer, e acabou se envolvendo em uma confusão com Biô que teria atirado uma pedra no rosto dela, machucada, a jovem foi comunicar o corrido a Manoel, que vendo a situação a colocou dentro do seu carro um Fiat Palio para levá-la até o hospital de Retirolândia, e ao passar pelo bairro de Pedrinhas, ainda no Distrito, encontrou Biô, momento que aproximou – se dele e de dentro do carro mesmo efetuou os disparos, fato ocorrido por volta das 11h30.

Bio passou a noite e a madrugada trabalhando em uma fábrica.
Bio passou a noite e a madrugada trabalhando em uma fábrica.
A vítima ainda com sinais vitais foi socorrida para o Hospital Português Unidade Regional de Conceição do Coité, onde deu entrada sem vida, enquanto o assassino fugiu pela mesma estrada que dar acesso ao município de Retirolândia.

Bio passou a noite e a madrugada trabalhando em uma fábrica.Na frente do hospital era só lamentação de familiares e amigos, que diziam que Manoel (assassino) natural da cidade de Valente, mas que conheceu Elenilson em Monte Gordo, e depois de fazer amizade foi levado pela primeira vez ao Distrito e passaram a viver uma relação de amizade. Com o passar dos anos, Elenilson se separou da esposa e viu Manoel se aproximar dela e a cerca de um ano, oficializar a união, depois disso levaram os dois filhos, hoje adolescentes, para morar com eles no Litoral Norte, mas vinham frequentemente ao Distrito, e um irmão de Biô afirmou que nunca houve briga entre eles, apesar de outras pessoas afirmarem que a relação também não era das melhores e que a ex-mulher continuava sofrendo agressões dele.

Biô de volta a comunidade de origem, vivia sozinho e passou a noite e madrugada trabalhando numa industria de fios de sisal, teria levantado por volta das 10h para ir ao enterro de uma conhecida e perdeu a vida depois do sepultamento.

A Polícia está em diligência na tentativa de prender em flagrante o autor dos disparos.