Foi preso na manhã desta terça-feira (10), por policiais da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Renilson Santos de Jesus, 19 anos, residente no bairro Eucalipto, em Feira de Santana.


Ele é acusado de ter participado da morte da filha de um pastor evangélico no dia 8 de junho deste ano e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Renilson também é suspeito de outro crime cometido no mês de agosto. O auxiliar de produção negou a participação nos crimes e não soube responder quem foi o autor dos assassinatos de Taiane Coelho Magalhães e de Diego Gil da Silva.


“Eu não cometí crime algum, apenas soube que morte de Taiane; foi após uma discussão com uma jovem na festa em São Gonçalo”, disse o acusado em sua defesa.

RELEMBRE OS CASOS

Violência: Morador de Feira de Santana morto a tiros em São Gonçalo

Na manhã do dia 3 de agosto (sábado) policiais civis realizaram o levantamento cadavérico de Diego Gil da Silva, 26 anos, que morava na rua Humildes, bairro Campo Limpo, em Feira de Santana.

Ele foi assassinado com vários tiros que atingiram a cabeça, próximo do bar Biriba Drinks, situado na localidade de São João, no município de São Gonçalo dos Campos.

A delegada titular do município, Cristiane Oliveira, presidiu o levantamento cadavérico e autorizou a remoção do corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Filha de pastor é baleada e morta durante realização de paredão

Após uma discussão ocorrida na noite de 8 de junho (sábado) durante uma festa na localidade da Tapera, zona rural de São Gonçalo dos Campos, uma jovem morreu e duas adolescentes foram baleadas.


De acordo com ocorrência policial, Taiane Coelho Magalhães, 19 anos, que morava na rua L no conjunto Feira X, em Feira de Santana faleceu na policlínica do bairro do Tomba. Ela foi baleada várias vezes no tórax e na coxa.

Também foram baleadas Raissa Moreira da Silva, 14 anos e Marcelle Leão Santos, 15; e socorridas imediatamente para o Hospital Estadual da Criança, em virtude dos disparos sofridos.


Segundo testemunhas, as jovens saíram da festa e pegaram um carona na carroceria do veiculo Fiat Strada de cor vermelha, placa policial JSD-71 65.

No trajeto para a residência, o veículo foi parado por homens de moto que abriram fogo contra Taiane e suas amigas.

As informações iniciais são de que uma briga generalizada ocorrida em um paredão pode ter relação com o homicídio ocorrido, informou uma testemunha para os agentes da polícia civil.

A vítima fatal é filha do pastor evangélico, Natalício Ramos Magalhães. O religioso pertence à Igreja Assembleia de Deus, da região da Pedra do Descanso, em Feira.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.