Uma funcionária dos Correios de Barrocas,  foi morta com um tiro na noite desta sexta-feira (22), por volta das 21h, na frente de casa no bairro do antigo matadouro.

Judite Pereira Avelino, 27 anos, estava no local quando o cunhado, o ex-marido de uma irmã da vítima, identificado como Genario, foi até a residência à procura da ex-mulher. Como não encontrou a ex-companheira, ele começou a discutir com a vítima e, de posse de um revólver, deflagrou um tiro nas costas dela. Judite morreu na hora.

Após o crime, o suspeito teria tentado atirar em outro irmão da vítima que conseguiu fugir e chamar a polícia. O acusado fugiu.


Segundo familiares ouvidos pela reportagem do Portal Clériston Silva – PCS, Genario estava preso no Conjunto Penal de Serrinha desde o ano passado depois de ter tentado matar a ex-mulher com uma foice e foi solto na última terça-feira (19). “Como é que o cara é solto terça-feira, já comprou uma arma e vem e mata a cunhada assim?” questionou um cunhado da vítima que não quis se identificar. Para eles, Judite morreu por ter defendido a irmã.

Ainda de acordo com informações de familiares, além de ter tentado matar a ex-mulher em 2012, o acusado a agredia constantemente. O motivo das agressões, segundo eles, é porque Genario não aceita o fim do relacionamento e a acusa de está se envolvendo com outro homem. “O problema é que eles estão separados e ele não aceita. Ele tem ciúmes doentio", disseram.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha fizeram uma perícia no local e encaminharam o corpo da vítima para o DPT de Feira de Santana. O caso foi registrado na Delegacia Territorial (DT) de Serrinha.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.