Apenas duas das mais de 500 aparelhagens de som apreendidas durante as operações “Feira quer silêncio”, realizadas pela Prefeitura de Feira de Santana e parceiros, foram devolvidas aos seus donos, por determinação judicial.


Os outros equipamentos – todos foram apreendidos em veículos e bares por desrespeitar os volumes de som previstos em lei para o horário - estão devidamente estocados em um galpão do município, que, por motivos de segurança, não pode ter o endereço divulgado.

As apreensões começaram em fevereiro – as operações são realizadas semanalmente. O secretário de Meio Ambiente, Roberto Tourinho, disse que a Prefeitura estuda os meios jurídicos para que os equipamentos não reclamados tenham uma destinação final. “Vamos aguardar as decisões da Justiça”.

De acordo com ele, apenas duas pessoas foram à justiça para reaver seus equipamentos. Antes, todos são ouvidos pela polícia civil, que encaminha a documentação para o Juizado Especial Criminal, onde também são ouvidos, declarados culpados ou não.

Com informações da Secom/PMFS
Marcadores:

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.