Agora no Portal

Em assembleia, bancários da Bahia aprovam greve a partir do dia 19 por tempo indeterminado

Em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (12), os bancários da base do Sindicato da Bahia aprovaram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 19. Também foi aprovada, de acordo com o diretor de Comunicação do sindicato, Adelmo Andrade, a realização de uma assembleia no dia 18, na qual será deflagrada a paralisação.


Na assembleia desta quinta-feira (12), realizada no Ginásio de Esporte, na Ladeira dos Aflitos, em Salvador, os bancários avaliaram a situação do país, o encaminhamento da greve e o grau de insatisfação da categoria, informou Andrade. Em campanha salarial desde agosto e com data base em 1º de setembro, a categoria reivindica reajuste salarial de 11,93%.

A pauta de reivindicações também inclui maior participação nos lucros e resultados, fim das metas, do assédio moral, investimentos em saúde e segurança, além de melhores condições de trabalho. Segundo o Sindicato dos Bancários da Bahia, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) oferece 6,1% de reajuste e não foi apresentado pelos bancos propostas para os outros itens da pauta.

Com a confirmação da paralisação, o objetivo do sindicato da categoria é manter fechadas todas as agências bancárias de Salvador e demais cidades do Estado, até que a Fenaban apresente uma proposta que atenda as necessidades dos empregados. Ainda segundo o sindicato dos bancários, as negociações com os bancos não avançaram. A greve deve acontecer em diversos outros estados brasileiros.